Folha Regional

Circo alemão substitui animais adestrados por hologramas: ‘é o futuro!’

Se você não conhece a clássica história do Dumbo, pode ir ao cinema curtir o live action da Disney. Ele narra o nascimento e o amadurecimento de uma elefantinho muito simpático, que nasceu com orelhas gigantes. Isso fez com que o animal fosse visto como uma aberração, e ele virou chacota para muita gente – até que essas pessoas descobriram que ele podia voar e, prontamente, o transformaram em uma espécie de herói. Só que Dumbo trabalhava em um circo. Logo, era adestrado. O filhote também foi separado de sua mãe, que viveu uma realidade ainda mais cruel, sendo maltratada em troca de comida.

É muito tênue a linha entre o que é certo e o que é errado quando se tratando de adestramento de animais, principalmente de selvagens. Tem aqueles que acreditam que o ser humano só consegue entender a importância daquela vida no ambiente tendo contato direto com ela. Outros, contudo, defendem que animal nenhum deveria ser retirado do seu habitat natural, nem para fins educativos. A vivência deles em circos é ainda mais polêmica. Pois bem. O circo alemão Roncalli decidiu parar de vez com as apresentações com animais vivos. Como assim? Substituindo todos eles por hologramas!

Fonte: Capricho

Deixe seu comentário

Avatar

Da Redação

Follow us

Don't be shy, get in touch. We love meeting interesting people and making new friends.

Most popular